domingo, 2 de novembro de 2014

Alicerce – Rafael Rocha

Não construa o alicerce da vida
Seguindo pessoas falsas
Os conselhos dessas pessoas
E as palavras delas.
Melhor levantar a base da casa
Na areia movediça

Construir seguindo ideias dessas pessoas
É erro matemático
Elas se acham certas demais
E elementos certinhos demais
Desfiguram os cálculos

O alicerce de nossas vidas
Tem de nascer de dentro
Com o cimento natural
Dos genes de pais e de mães
Assim a casa ganha força e não desaba
Nem com vento forte

Algumas pessoas são números negativos
Nos espaços geométricos
Sem serventia para calcular a vida
Na sabedoria do nosso tempo na Terra
Como disse Bukowski:
“Não deixe tais pessoas serem seu alicerce”

Eu sou eu! Você é você!
E meu poema sai vivaz de mim!
Não preciso escrevê-lo
Para iluminar rótulos falsos
Se eu fizer isso melhor apagar a luz e dormir

Um comentário:

  1. ALICERCE muito bom meu amigo. Subscrevo totalmente.
    Um abraço
    Irene Alves

    ResponderExcluir